A TUA LETRA

[1º Verso]
Caí de quarto

Quando aceitei o compromisso de estar contigo
Eu sabia, que tinhas marido
A ideia nem era de me apaixonar
O combinado era só ficar e só ficar
E quando dei conta já estava na tua onda
Caí de quatro
Provei do teu veneno e já não me aguento
Prometi ser discreto e já não consigo
Pois sempre que te vejo a passar com ele

Morro de ciúmes estou a ficar maluco
Morro de ciúmes estou a ficar maluco

[Coro] 2X
Você me mata
Você me mata
Eu te amo sim

[2º Verso]
Toda a vez que ele te liga você sai correndo
Sem remorsos, para os seus braços, e fico aqui sozinho a me perguntar
Até quando isto vai ter que ser assim
Eu já cansei de ser o segundo
Quero ser o primeiro
Estou de quatro

Tudo o que ele dá-te ou vou dar em dobro
E tudo o que ele faz eu vou fazer em dobro

Amor roubado como anima (como anima)
Quem não arrisca não petisca eu vou arriscar
Amor roubado como anima
Quem não arrisca não petisca eu vou arriscar

[Coro] 2X
Você me mata
Você me mata
Eu te amo sim

PARTILHA

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

PUBLICIDADE