Advertisements

A TUA LETRA

Eyo, what’s up nigga. It’s your boy Mellow the pretty boss
Dizem que
Dizem que em tempos de austeridade
O mais prudente é apertar o cinto e gastar o menos possível
Por isso é que os niggas já o fazem no carro
E as pensões andam vazias
That’s right baby
Mais um dia na city da EMATUM
Onde morro de vontade mas nunca comi nenhum
Para te ser honesto nigga até gramava muito
Mas há que por freios no consumo
Gin, gelo com sumo
Até corteinyamas no Lola’s
Moet também cortei bebo ampolas
Mas acho que preciso ser mais Messi
That’s it: ter um extra par de bolas
Eu disse a baby que já não vamos a Nellspruit
Ao price que está o rand
Melhor é um «Fajardospuit»
Poupamos gas on that shit
E no side chick, ela entende o way do freak, she my sidekick
Mas também poupa nas extensões
Eu não vou ao ginásio faço flexões
De certo modo evito tensões
São mais noites no cubico, menos pensões

[Coro: Kasszula]
Em todo o lado que eu passo dizem que não há mola
As pitas do meu bairro também já não bazam para Angola
Dizem que não há mola
Que não há mola
Dizem que não há mola
Que não há mola meu pai

Estou no meu terraço a acertar a antena
Cortaram o cabo last month because I haven’t paid it
CREDELEC de 100 full week, quinha no escova I got the last fuel week
Meu nigga Nino jobava em Tete nos weekends
Vinha a Maputo queimar uns 10 com umas bitches
Subitamente já ninguém lhe da vale, desde que o bro perdeu emprego na Vale
Com 1000 paus no bolso era o king ontem
Com 1000 paus no Afonso era um Masgid ontem
Quick shopping, ‘cos hoje 1000 são dois torros
Uma pina quick no Luso que mal esporas
Essa crise eu não entendo nigga
Chega sexta-feira o bar está sempre cheio nigga
Que crise é essa não percebo nigga
Domingo Costa do Sol, calçadão cheio nigga

[Coro: Kasszula]
Em todo o lado que eu passo dizem que não há mola
As pitas do meu bairro também já não bazam para Angola
Dizem que não há mola
Que não há mola
Dizem que não há mola
Que não há mola meu pai

São 39 graus no meu gueto
Transpiro como um porco no espeto
Mergulho o cú preto
Numa bacia full de água
Fecho os olhos e imagino-me a tchilar no kaya Kwanga
Ao menos sonhar não paga imposto
E ganho mil beijinhos no rosto
Gasosa custa os olhos do rosto
AC off «vasslap» faz secar o rosto
Nyusi no palácio, Afonso na serra a fazer o hustle
Taking us through a lot of peace talks and shits of
Em briga de elefantes só o capim sofre

[Coro: Kasszula]
Em todo o lado que eu passo dizem que não há mola
As pitas do meu bairro também já não bazam para Angola
Dizem que não há mola
Que não há mola
Dizem que não há mola
Que não há mola meu pai
A sério

Advertisements

PARTILHA

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

PUBLICIDADE

VIDEO