A TUA LETRA

[Kloro]
Uma vez minha avó me disse: nunca devemos gatinhar
Quando o impulso do ser humano é voar
Cá vamos nós neste vôo, À Caminho Do Txova
Bhaka, Iveth, Gringo
Nanye, Tek, D-Lon

[Kaus]
Se a vida é um jogo
A minha é cabra-cega
Hoje eu encontrei a vitória escondida atrás da queda
Venci o medo, estou pronto para quedas
A mente tem asas, o corpo pára-quedas
Elevo a mente, ela já não desce
Ela tem muita garra por isso arranha céus
Realizar sonhos abastece a alma com euforia
Põe a cara alegre
Os sonhos são empréstimos do futuro
Pagas com o presente, sem taxas de juro
Yeah, vive intensamente e com amor
Que certamente verás o amanhã hoje

[Iveth]
Na equação da vida há que soma e multiplica
Há quem dom e santifica
Este dom e o dignifica
E na equação da vida não sejas subtraído
Dito elemento neutro que à partida é excluído
Dentre leis e teorias
Crenças e sabedorias
O impossível não existe pois Davi desfez Golias
Com esperança, perseverança
Fé e confiança
Sem intemperança
Sonha e alcança

[Hernâni]
Sabor da vida
Mas está difícil habituar o gosto
O esforço no sentido de, vai para o lado oposto
Agora sorriso ao contrário é o que assinala o rosto
O que nos garante que a vida é Bela, e não o Monstro?
Também estás assim?
A pensar em desistir do que sonhas todos os dias, como vais ferrar assim?
Bro relaxa um cosh
Vamos ser um bocado fortes
Que há-de chegar um time em que os remates não vão dar no poste

[Coro: Bakha]
Podes até tropeçar, mas não pare de tentar
Acredita, podes voar, sei que podes voar
Podes até tropeçar, mas não pare de tentar
Acredita, podes voar, podes voar

[Teknik]
Me sinto como um rasta com cabelo ao vento
Em pouco tempo estou aqui e vejo tudo lento
Abro as asas, voo alto no meu pensamento
Não tou busy em sofrer vivo o momento
Sigo os meus sonhos, estou sempre no twitter
A mostrar o meu trabalho man I’m not a quitter
Mas isto é um presente ou é maldição?
Look at me now, ambição

[Gringo]
É como uma canção que não é nada boa
Agrada a quem a entoa
Se o coração está na parada então nada é à toa
Deixem-me amar de vento em popa
As palavras também voam
Por isso, parabéns a todas
Ideias, sem os pés assentes em lado algum
Aqui se lisonjeia mentes sem os factos comuns
E eu, quanto mais voo vejo luz
Diz-me, quanto dá sonho vezes luz

[D-Lon]
As vezes eu, pergunto-me o que eu posso fazer
Esqueço-me que essa é a pergunta que eu não posso fazer
Porque até onde eu sei
Tudo é possível
O que era um mero sonho
Hoje é minha real life
Pergunto em 2010 que não ouviu “Nice”
Eu estava sem travões, e decidi voar
Imagina se eu fizesse o que eles dizem
Poucos saberiam deste rapper que é o D-Lon

[Coro: Bakha]
Podes até tropeçar, mas não pare de tentar
Acredita, podes voar, sei que podes voar
Podes até tropeçar, mas não pare de tentar
Acredita, podes voar, podes voar
Podes até tropeçar, mas não pare de tentar
Acredita, podes voar, sei que podes voar
Podes até tropeçar, mas não pare de tentar
Acredita, podes voar, podes voar
[Bakha]
Acredita, podes voar
Podes, podes, podes voar
Podes voar (yeah)
Podes voar
Podes voar

[Kloro & Cinzel]
Mukheru, acredito que amanhã podemos
Morder a parte esquerda da maçã da apple
Noutras palavras, conquistar o mundo
Com o remote da cidade comandar Maputo
Ásia e Europa comigo no bolso
Descobrir a América: Danilo Colombo
Vou suportando as barreiras que o destino coloca
Tipo engarrafamentos a caminho do Txova
Falando em Txova pretendo sonhar
Não vou deixar que o álbum seja um pesadelo para os fãs
Não há mola mas há crença
Investir no futuro espreitando do burraco dessa nota de 50
Já tens as bases, já tensa as asas
Teu próprio pensamento é que te prende ao nada
Acredita neste lema “brada”
Diz
Nunca é tarde para voar LAM atrasa

PARTILHA

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

PUBLICIDADE